Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



E assim começa

por doinconformismo, em 27.08.17

Prometi e cumpro o prometido: Deixo aqui uma breve transcrição do começo do meu novo livro, da introdução, que vos mostrará do que se trata e qual o tom em que discute o que é ser Mulher.

 

This is a man's world. Nunca como nestes últimos cem anos assistimos a tamanha aceleração nas descobertas científicas, nunca como agora nos consideramos evoluídos (especialmente nos países ocidentais). Tecnologia, medicina, ciência quãntica, espacial, apenas para nomear algumas áreas, estão a desenvolver-se a tal velocidade que todos os dias são anunciadas novas descobertas ou invenções, novas possibilidades no tratamento de doenças como o cancro ou a doença de Alzheimer. Nunca como agora sabemos tanto sobre o universo (apenas para descobrir que sabemos tão pouco) e sobre o ambiente que nos rodeia. E ainda assim, no que toca ao mundo das mulheres, ainda há tanto para descobrir e inventar. Poucos avanços há desde o direito ao voto o que, recorde-se, nem nas sociedades ocidentalizadas perfaz sequer um século!  É certo que na viragem do milénio muita coisa começou a mudar no acesso a lugares de topo nos governos, empresas, investigação, desporto e outras áreas. Todavia as assimetrias mantêm-se, de tal maneira que Barack Obama, enquanto presidente da maior potência mundial, escreveu por ocasião do seu 55º aniversário:" Duzentos e quarenta anos após a fundação da nossa nação, e quase um século depois das mulheres finalmente terem ganho o direito ao voto, pela primeira vez, uma mulher (referindo-se a Hillary Clinton) foi nomeada candidata a presidente por um partido polí­tico. Quaisquer que sejam as nossas opiniões polí­ticas, este é um momento histórico para a América. E é apenas mais um exemplo do quão longe chegaram as mulheres na sua longa jornada pela equidade". E termina: "Este é o tema do feminismo do século vinte e um: a ideia de que quando todos somos iguais, todos somos mais livres".

 

Qual a vossa opinião?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Muito mais que projetos

por doinconformismo, em 04.11.16

Nestes últimos meses tenho escrito poemas e textos, reflexões. Tenho colaborado com o incOmum e a fantástica equipa que o constitui na realização de diversas tertúlias, tendo tido a oportunidade de conhecer imensas pessoas interessantes e aprender muito sobre diversos temas, desde as mais diversas artes até África.

Tenho-me esfalfado a trabalhar, com um conjunto de pessoas fantásticas, para o Encontro Cristão, nomeadamente para o debate sobre eutanásia que tem recebido as mais diversas críticas positivas e incentivos para próximos debates. E já estamos a preparar o evento de fevereiro! Com o já habitual apoio a instituições sociais relevantes.

Continuo a escrever, lancei um livro de poemas e não só e tenho recebido toneladas de manifestações de carinho ainda antes do lançamento mas principalmente nestas últimas semanas, em que tenho visto também portas a abrirem-se como nunca pensei. Até fora de Portugal. Um obrigado especial à Chiado Editora!

E claro, sou mãe, mulher, dona de casa, profissional que nunca vira as costas ao trabalho. Dona de duas gatas que ainda se está a refazer de um susto de morte que apanhou com uma delas. Filha. Amiga que faz tudo o que pode para se fazer presente nos momentos cruciais da vida dos seus amigos.

O que é que tudo isto tem em comum? A loucura de passar noites sem dormir? a adrenalina de procurar novas experiências? Nada se compara à satisfação de dar de volta à sociedade. Quem tem algo de valioso, tem a responsabilidade de o repartir, de ajudar outros a atingi-lo também, de partilhar dicas e experiências. É o mínimo que podemos fazer pelos que estão à nossa volta. Não é uma opção, é uma obrigação.

E agora, a cereja no topo do bolo: nos próximos dias vou ter oportunidade de estar presente em dois acontecimentos bastante diferentes mas que têm em comum o facto de poder ouvir o que pessoas muito relevantes na sociedade atual pensam sobre a mesma e como podemos mudar o mundo.

Em primeiro lugar, a conferência anual da Aglow, já este sábado. E logo a seguir, o Web Summit. Sou ou não uma sortuda? Muito mais que projetos, fama, dinheiro ou horas de trabalho, a grande riqueza de todas estas atividades são pessoas. As pessoas que conhecemos, com quem aprendemos, em quem reconhecemos diferenças em relação a nós, a quem podemos também ensinar algo, são realmente a nossa riqueza e o melhor que levamos desta vida!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Novos livros

por doinconformismo, em 09.02.16

Novo capítulo se abre neste blog, relacionado com lançamentos de novos livros.

Não sentia tanto entusiasmo desde o lançamento do primeiro livro da Rute Sousa Vasco, há sensivelmente 4 anos, intitulado "A sorte dá muito trabalho". O seu lançamento foi na livraria Almedina do Saldanha e eu tinha tudo preparado para ir mas um imprevisto qualquer impediu-me de estar lá para apoiar a minha amiga... que entretanto lançou outro livro (cuja 1ª edição esgotou), intitulado "Banco Bom, Banco Mau". Aguardo ansiosamente o terceiro e até lá vou lendo os seus textos no blog e também no sapo24.

Mas eis que outra amiga se lança no campo da literatura, desta feita totalmente longe da economia. "A borboleta vermelha", da Helena de Sousa, será lançado esta quinta-feira no clube literário do Chiado. Daqui lhe desejo muita sorte, e que este seja o primeiro de muitos!

A borboleta vermelha - convite.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever newsletter



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D