Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Charlie de novo

por doinconformismo, em 19.01.15

Tenho que falar de novo do Charlie Hebdo e do que se tem passado em França nestes últimos tempos. Tenho que falar porque anda muita gente por aí a dizer que os sobreviventes do jornal têm é que estar quietinhos e mansos para que não haja mais violência.

Ora, vamos ver as coisas em perspetiva: o Charlie Hebdo é um pasquim, um tablóide comparável ao jornal O Diabo ou coisa que o valha. Ok? Depois, se há coisa que os senhores já mostraram ser é coerentes na falta de respeito. Não há respeito por nada nem ninguém e tudo serve para fazerem paródia.

Tendo dito isto, que eu saiba a falta de respeito nunca foi razão lícita para matar ninguém. É como dizer que um homem tem o direito de bater numa mulher porque ela "lhe chateia a cabeça" em demasia. Não se bate às mulheres... a não ser que elas mereçam. Uau. E quando apanham, a solução é ficarem mansas para não voltarem a apanhar. Certo?

Errado. Nada mais errado, mesmo. Nada desculpa a falta de respeito dos senhores do Charlie, mas depois deste ataque a última coisa a fazer é ficarem quietinhos e deixarem o medo instalar-se. Porque olhando para a Nigéria, e sim há tantos olhos postos em 12 pessoas mortas em Paris mas tão poucos colocados nas mais de 2000 pessoas mortas só em ataques recentes, porque todo aquele país está a ser destruído aos bocadinhos. Sim, olhando para eles pergunto: o que foi que fizeram para merecer tamanho massacre? Será que morreram em vão? Por isso, meus senhores, este é o momento para dizer não ao medo, e de mostrar que continua a haver um mundo livre e que não se deixa governar pelo terror. Há quem o faça com manifestações, há quem o faça seguindo uma vida ousada. Mas decerto não quereremos ficar mansos e quietos para um dia vir a descobrir que não só não há segurança, porque de facto nunca houve, mas também deixou de haver liberdade!

"Quem prescinde da liberdade essencial para garantir uma pequena segurança temporária não merece nem a liberdade nem a segurança" - Benjamin Franklin (Those who sacrifice liberty for security deserve neither)

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever newsletter



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D