Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Balanço do ano (ou talvez não)

por doinconformismo, em 07.01.16

Por definição, não mudo hábitos por esta altura. Já expliquei porquê aqui e aqui.

Mas no final do ano, sem dúvida que passo tudo em revista, comparando com os objetivos que estabeleci no início do ano. Sim, estabelecer objetivos é importante, caso contrário a nossa vida anda apenas à deriva, ao sabor do vento. É claro que durante um ano inteiro muitos imponderáveis acontecem, mas é importante até nesses casos medirmos como foi a nossa reação. Porque por muito mau que um ano tenha sido, o que determina o que seremos é a nossa reação ao que nos acontece.

E por isso eu olho para todos os aspectos: emprego, família, o meu relacionamento com o meu marido, com os meus filhos, com os meus pais, com os meus amigos, com Deus, saúde, felicidade.

Olho também para o estado de cada um dos meus projetos pessoais e o que devo fazer com eles no ano seguinte e de que forma e em que prazos. Isto é particularmente importante para quem tem vários projetos, bem como a intenção de os realizar até ao fim. Lição de vida: para atingir grandes objetivos é primordial planear e medir!

E depois o que não correu bem. E se há casos que não correram bem porque o vento simplesmente não estava de feição, caso arrumado, normalmente há muito mais a dizer, até sobre o vento. Pode ter acontecido termos arrancado com o projeto cedo demais, por exemplo.

Por fim, olhar para o futuro. E se 2015 foi um ano de disciplina da minha vontade, em variadíssimos aspetos, 2016 vai ser um ano em que definitivamente tenho que aprender a esperar pelos outros. Porque afinal:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever newsletter



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D